Games – Vamos Ver com Quais se Identifica?

Games – Vamos Ver com Quais se Identifica?

Confira abaixo alguns games, incluindo gêneros de horror survival, RPG, aventura, FPS, TPS e muito mais, além de expansões e versões otimizadas de títulos já conhecidos.

Todas as opções trazem uma breve explicação sobre a jogabilidade e demais detalhes do game, o que significa que a maioria já foi lançada para alguma plataforma (PC ou Console). Vamos ver quais vc se identifica?

Lembrando também que os games não seguem nenhuma ordem de “melhor ou pior”, estão listados apenas como os mais bem avaliados.

 

Mass effect: Andromeda


Mass effect Andromeda é um dos games mais bem avaliados de 2018. Ele não é exatamente uma continuação do Mass effect 3 (que teve seu ciclo encerrado em 2012), mas sim, uma nova trama trazendo personagens diferentes e também novos protagonistas.

O game agora se passa no ano de 2185, com a missão de explorar uma nova galáxia: Andromeda, em busca de sobrevivência. Em resumo o jogo traz algo bastante semelhante aos filmes de ficção científica onde os tripulantes ficam “congelados/suspensos” por 600 anos, despertando após com uma visão totalmente diferente e novos desafios para encontrar um local habitável.

Os personagens principais (os que você irá iniciar o jogo) são Scott Ryder ou Sara Ryder, irmãos e exploradores que tem por objetivo encontrar um novo local para a sobrevivência da colônia.

Entre alguns dos destaques de Mass Effect Andromeda você pode esperar por cenas intensas, diálogos mais consistentes e alongados, com gráficos muito mais imersivos, algo que realmente prende a atenção.

 

Tom Clancy’s: Ghost Recon Wildlands


Tom Clancy’s: Ghost Recon Wildlands oferece um típico jogo militar, com soldados americanos combatendo chefões e cartéis de drogas em novos cenários (agora em mundo aberto).

O jogo é ambientado na Bolívia, dominada pelo cartel Santa Blanca, onde você é um membro dos Ghosts (equipe de elite americana) enviada para acabar com o cartel e capturar o chefão “El Sueño”.

Disponibilizando 9 tipos diferentes de terrenos, novos ciclos climáticos e um gráfico geral muito mais complexo, Tom Clancy’s: Ghost Recon Wildlands é extremamente intuitivo, permitindo ações muito mais realistas, como se esconder entre selvas e plantações ou explorar novos locais em uma temática ampla de mundo aberto.

Tom Clancy’s: Ghost Recon Wildlands é desenvolvido para quem gosta de missões extensas, com diversas possibilidades de jogo. Assim como seus mapas, todo o game traz objetivos secundários, se estendendo de forma incrível para um jogo com grandes quantidades de conteúdo.

 

Prey (2017)


Prey é um game horror/futurista com uma nova temática de exploração, incluindo armamento tecnológico e alienígenas, tudo voltado para uma jogabilidade intensa e imersiva em primeira pessoa (FPS).

Seu player é Morgan Yu, um passageiro (cobaia) da estação espacial Talos I. Sua principal missão é enfrentar diversas raças alienígenas tentando descobrir quem é, e o que aconteceu (com ele mesmo), além é claro, de um tema bastante convencional: salvar a terra!

Os gráficos de Prey são extremamente realistas e preparados para uma experiência intensa graças a profundidade do gênero FPS. Com uma trilha sonora marcante, novos personagens e jogos em mundo aberto (sem fases ou missões) ele garante emoções sem pausas durante todo o trajeto de Morgan Yu.

Incluindo conteúdo de sobra, Prey é uma opção completa e indicada para jogadores que procuram por suspense, misturado com horror, ficção científica e combates expressivos em primeiro pessoa.

 

Destiny 2

Pouco tempo depois de seu lançamento (para consoles), Destiny 2 já resultou em milhões de jogadores ativos, oferecendo um game FPS de qualidade em uma temática futurista, que envolve ficção científica e personagens heróicos.

Em Destiny 2 você é o guardião e deve se lançar em ambientes desconhecidos da galáxia para derrotar Ghaul, líder da Legião Vermelha. Incluindo também jogabilidade em mundo aberto Prey oferece maiores experiência visuais, com diálogos atuais, inimigos mais fortes e um história mais profunda e coerente (ponto que ficou um pouco a desejar na primeira versão).

Destiny 2 possui histórias secundárias durante todo o trajeto, tornando seu conteúdo bastante extenso e aprimorado. Os detalhes da interface são realistas, incluindo até uma opção de penalização para os players que não dedicarem um tempo crucial ao game.

 

Tekken 7


Tekken é um verdadeiro clássico, que assim como Mortal Kombat, nunca sai de “moda”. Nesta versão o game conta com novos ambientes, personagens e narrativa, trazendo um novo contexto, mas mantendo a linha histórica original do jogo.

Em Tekken 7 a história já se inicia com Heihachi Mishima, incluindo alguns dos personagens clássicos melhorados e também alguns rostos inéditos. Bem estruturado e com uma melhor jogabilidade os personagens sofreram uma aproximação no ângulo, o que dá ainda mais realismo durante as lutas e um visual super valorizado para os detalhes.

Entre alguns dos destaques para o novo Tekken 7 você pode esperar por closes otimizados durante as batalhas, câmera lenta para alguns golpes e mais algumas modificações de cena desenvolvidas para deixar as partidas mais intensas e realistas.

O conteúdo do Tekken 7 também é bastante extenso, traz novos modos de jogo e diversos itens de personalização para os personagens. *Efeitos especiais, detalhes de músculos, roupas e trilha sonora também fazem parte das melhorias do game.

 

NieR: Automata


Em NieR: Automata você é a Andróide 2B, um personagem de mundo pós apocalíptico enviada para exterminar da terra criaturas robóticas malignas, para tentar torná-la habitável novamente.

Nesta nova versão do game, os humanos sobreviventes são enviados à lua, permanecendo por lá até que o mundo esteja completamente livre e seguro dessas ameaças. *Apesar de parecer um pouco simples, o desenvolvimento do game é bastante complexo e inclui além do objetivo principal, uma séries de missões e subobjetivos ao longo de todo o game.

Para a construção de NieR: Automata você pode esperar por ação em grande parte da trama, além de otimizações de cenários, mudanças de ângulos de câmera e detalhes mais realistas em todos os ambientes e personagens do game.

NieR: Automata é um game intuitivo e inteligente, interage efetivamente com o jogador e oferece opções como dificuldade aumentada (caso o player cometa ações ruins, como matar máquinas inofensivas) ou permanência do “corpo” no local, caso morra em combate (sendo que você precisa retornar até ele para recuperar os mod-chips, algo que funciona como um sistema de loot para o game).

 

Hellblade: Senua’s Sacrifice


Hellblade é um game que mistura sensações e sentimentos reais em um temática ilusória no tempo dos vikings. O objetivo do game é fazer Senua (personagem principal) chegar a terra dos mortos para trazer seu amado de volta à vida.

O porém da história é que Senua lida com algumas dificuldade psicológicas durante sua jornada, como transtornos, ansiedade e falta de confiança em si mesma (traduzida no game como vozes e visões que assombram a personagem). O game traz um tema que temos nos dias atuais em um mundo não adaptado para isso, o que o torna diferenciado e até mesmo um pouco complexo, mas imensamente interessante.

Para a jogabilidade Hellbçade conta com muita ação em gráficos realistas e foco total para a parte física, personagens, ambientes e mudanças de cena. A trilha sonora é um dos pontos mais importantes, sendo indicado até, que você jogue com fones de ouvido, para imergir completamente na temática do jogo e acompanhar as vozes e as tormentas de Senua durante todo o trajeto.

Hellblade: Senua’s Sacrifice tenta passar um boa mensagem aos seus jogadores, oferecendo uma caminhada complexa e “pensante”, ao mesmo tempo em se tornar incrível com diversas sequências de ação. Um game intrigante e que vale a pena conhecer.

 

Resident Evil 7 Biohazard


Resident Evil 7 Biohazard trouxe certo receio dos jogadores antes mesmo de ser lançado, isto porque, o game tentaria trazer algo que não se via mais nas versões anteriores, aquela “pegada” original vinda das primeiras edições, com mais sustos e horror durante todo o jogo.

Para o alívio do fãs, biohazard tem cumprido o que promete, deixando de lado um pouco do exagero (que já não assustava mais) e voltando com uma temática mais tensa, direcionada para o medo, assim como as primeiras versões do game.

Ausência de luz, cenários caóticos e muita imprevisibilidade fazem parte do desenvolvimento do novo Resident Evil 7 Biohazard. Durante várias partes do game o personagem precisa procurar, revirar e olhar divesas vezes cada pequeno detalhe do cenário em buscas de saídas e pistas, o que resulta em momentos bastante agoniantes e com foco máximo para os sustos das criaturas que podem surgir durante o trajeto.

O game se mostra ainda mais intenso por ser em primeira pessoa. Junta gráficos bem planejado com o máximo realismo em cena, interagindo perfeitamente com os jogadores e chegando bem próximo a sua proposta primordial. Resident Evil 7 Biohazard tem surpreendido em várias críticas como um game intenso e super indicado.

 

Assassin’s Creed: Origins


O 10º título da série Assassin’s Creed, “Origins” acontece no Egito, mais precisamente no Reino Ptolemaico (antigo Egito) contando a história de Bayek, um medjai designado a proteger seu povo contra toda e qualquer ameaça existente.

Como o próprio nome sugere, “Origins”, esta versão de Assassin’s Creed entra como um enredo de iniciação da série, mostrando desde o início as lutas entre assassinos e templários em busca de paz, mas utilizando meios adversos: assassinos pelo livre arbítrio e templários pela ordem.

O game AC Origins, assim como os demais da série, é do gênero TPS (em terceira pessoa). Também utiliza elementos comuns como o parkour que é ponto de destaque, super marcante para todos os games da franquia.

Assassin’s Creed: Origins possui um mapa com tamanho semelhante ao IV game da série: Black Flag, variando entre as cidades de Mênfis e Alexandria. As missões possuem sempre um toque de ação, além de muita maleabilidade do personagem, fazendo com que ele dê continuidade de forma perfeita às próximas edições do game e da história.

 

FIFA 18


Assim como PES, todos os anos o FIFA lança novas versões do seu game, sendo esta a 25º da franquia.

Entre algumas das otimizações desse jogo você conta com passes, chutes e tomadas de bola mais realistas e dificeis de realizar, não sendo mais tão “automáticos” como nas versões anteriores. No FIFA 18 você precisa mirar com mais cautela e pensar um pouco mais antes de efetuar o movimento. Este recurso será de extrema importância e também aumentará significativamente o nível de dificuldade do jogo.

A parte gráfica também foi melhorada, mas sem exageros (mantendo-se bom como na maioria das versões anteriores).

Agora os jogadores possuem mais expressões faciais, com mais realismo e também novos uniformes, com detalhes de cores, músculos, cabelos e diversos pontos com visibilidade otimizada. Em monitores de maior resolução é possível até mesmo ver as minúcias do rosto, além de tatuagens, cicatrizes e demais particularidades de cada personagem.

 

Não achou o seu ou não gostou de nenhum, aguarde os próximos…

Compartilhe este post